terça-feira, 31 de dezembro de 2019

A melhor receita de sonho que já vi

A origem da receita do sonho é nebulosa. A versão mais popular, que tem ares novelescos, é que a receita foi criada na Alemanha por um jovem ajudante de padeiro.
 
Recrutado para defender Berlim, em 1756, foi dispensado por não ter habilidade.
O seu potencial era criativo e de volta à padaria, inspirado nas balas de canhão, inventou o sonho, que conquistou fronteiras com sua doçura e leveza.
 
Com infinitas variações no preparo, a receita tradicional é frita. Mas o desejo de um sonho sem fritura, fofinho e delicioso, vira realidade na receita que vamos ensinar agora.
 
Não fique só na vontade, que tal colocar a mão na massa e experimentar?
 
Ingredientes:
 
4 xícaras (chá) de farinha de trigo
4 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
3 gemas
1 pitada de sal
2 tabletes de fermento biológico
1 xícara (chá) de leite morno
Óleo para fritar
Açúcar com canela para polvilhar
2 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa) de amido de milho
4 gemas
1/2 xícara (chá) de açúcar
Gotas de baunilha a gosto
 
Dicas:
 
Se gostar de muito recheio dentro de cada de sonho, dobre a receita do creme.Essa receita também pode ser feita assada, fica mais saudável.Caso seja assada, o creme pode ser substituído por pedacinhos de goiabada.
 
Modo de Preparo:
 
Esfarele o fermento e junte o sal.
 
Coloque a farinha de trigo (reserve cerca de 1/2 xícara), o açúcar, as gemas, a manteiga e o fermento com o sal, misturado com o leite morno.
 
Sove bem a massa, polvilhe farinha e deixe descansar por cerca de 10 minutos
Abra a massa grosseiramente com a mão ou rolo e modele os sonhos com a ajuda de um cortador redondo.
 
Coloque em uma assadeira polvilhada com farinha e deixe dobrar de tamanho.
 
Frite em óleo não muito quente.
 
Escorra e passe pelo açúcar.
 
Em uma panela coloque todos os ingredientes menos a baunilha e deixe engrossar.
 
Desligue o fogo e acrescente a baunilha.
 
Recheie os sonhos com ajuda de um saco de confeitar.
 
Tempo de Preparo: 1h 30min.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário